Randy Berry atualmente trabalha como cônsul geral no consulado norte-americano de Amsterdam, na Holanda

Randy Berry, primeiro enviado especial dos EUA a representar os direitos LGBTs pelo mundo
Divulgação
Randy Berry, primeiro enviado especial dos EUA a representar os direitos LGBTs pelo mundo

Os Estados Unidos nomearam Randy Berry como seu primeiro embaixador internacional pelas causas LGBTs na última segunda-feira (23). O Departamento de Estado do país disse que Berry será o primeiro enviado especial a promover os direitos humanos para lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e transgêneros ao redor do mundo.

Berry é um diplomata veterano que atualmente trabalha como cônsul geral no consulado norte-americano de Amsterdam, na Holanda. Ele também trabalhou em Bangladesh, Egito, Uganda e África do Sul, e fala espanhol e árabe fluentemente.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

O Departamento do Estado já havia anunciado no início deste ano que indicaria um oficial do serviço exterior que fosse gay assumido para ocupar o cargo.

O Secretário de Estado, John Kerry, disse que Berry ajudará o presidente Barack Obama a colocar os direitos LGBTs no centro dos seus esforços globais para propagar os direitos humanos. O país já fez vários pedidos para que outras nações eliminassem leis que criminalizam relações e práticas homoafetivas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.