Senhor de cabelos grisalhos sobreviveu à queda, mas logo foi apedrejado até a morte por quem assistia da rua

Em mais um episódio de barbárie protagonizado pelo grupo terrorista Estado Islâmico, um homem de olhos vendados foi jogado do alto de um prédio na cidade de Tal Abyad, na Síria, acusado de ser gay. As imagens foram publicadas pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos (SOHR, na sigla em inglês).

Repórter do iG se passa por muçulmana e flagra reações nas ruas. 'É carnaval?'

A vítima de cabelos grisalhos, que foi atirada do sétimo andar de um edifício, sobreviveu à queda, mas foi apedrejada até a morte pelo grupo de pessoas que assistia da rua à cena.

Esta não foi a primeira vez que os militantes jogaram homossexuais do alto de um edifício para morrerem. Em dezembro, outras imagens semelhantes já haviam sido divulgadas pelo grupo.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

"A corte islâmica de Wilayet al-Furat decidiu que um homem que pratica sodomia deve ser jogado do ponto mais alto da cidade", divulgou em nota o Estado Islâmico.

    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.