Diego Lejarraga enviou cartas ao pontífice após ser excluído de sua igreja por ter feito a cirurgia de readequação de gênero

Papa Francisco recebeu o transexual espanhol Diego Neria Lejarraga no último sábado (24) em encontro privado
Reuters
Papa Francisco recebeu o transexual espanhol Diego Neria Lejarraga no último sábado (24) em encontro privado

De acordo com o jornal espanhol Hoy, o papa Francisco recebeu Diego Neria Lejarraga, um espanhol transexual de 48 anos, em audiência privada no Vaticano, no último sábado (24).

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Acompanhado de sua namorada, Lejarraga teria encontrado o pontífice após enviá-lo cartas contando que foi excluído de sua paróquia depois de realizar a cirurgia de readequação de gênero. O espanhol teria sido proibido de comungar pelo paróco da igreja que frequenta em Estremadura, comunidade do sudoeste da Espanha, e também foi chamado de "filha do diabo".

Lejarraga sempre teve o apoio de sua família, que também é católica, e desde criança nunca se enxergou como mulher. No entanto, só passou pela cirurgia quando tinha 40 anos. E foi então que começou a ter problemas em sua igreja.

Em outubro do ano passado, o pontífice pediu aos bispos de todo o mundo reunidos no Vaticano que falem claro e sem rodeios sobre as mudanças vividas pela família católica contemporânea. "Falar com liberdade e ouvir com humildade", resumiu o Papa, sobre assuntos que são considerados tabus, como o casamento homossexual, os casais de fato, o divórcio, as mães solteiras e a comunhão para os divorciados que voltam a se casar.

Argentino de formação jesuíta, o Papa encoraja uma igreja mais democrática. "Alguns cardeais não se atreveram a dizer coisas por respeito ao Papa... Isso não está certo", afirmou Francisco. "Falem com tranquilidade e com paz, porque a presença do Papa é garantia para todos de custódia da fé", acrescentou.

Nenhuma fonte oficial do Vaticano se pronunciou sobre o encontro, que foi privado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.