Ator interpretou um dos primeiros personagens homossexuais fixos de um seriado nos EUA nos anos 70

Billy Crystal afirmou que os roteiristas estão exagerando demais nas cenas de personagens gays da televisão
Getty Images
Billy Crystal afirmou que os roteiristas estão exagerando demais nas cenas de personagens gays da televisão

O ator e comediante Billy Crystal fez declarações que despertaram a ira da comunidade LGBT no último domingo (18). Em entrevista à Associação de Críticos Televisivos dos EUA, o norte-americano disse que as tramas de ficção com personagens LGBTs estão explícitas demais.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

"Às vezes eu penso, 'Ah, isso é muito para mim'", falou o ator - um dos primeiros a interpretar um personagem gay fixo em um seriado americano, em "Soap", como Jodie Dallas, nos anos 70.

"Foi muito difícil na época. Jodie foi um dos primeiros personagens gays fixos na televisão e os tempos eram outros, era 1977. Então, sim, foi estranho. Foi difícil", comentou.

O programa era gravado em frente a uma plateia e, segundo Crystal, quando o seu personagem dizia 'eu te amo' para o seu parceiro, o público dava risos nervosos. "Eu queria parar a gravação e perguntar qual era o problema deles."

Ainda assim, o comediante afirma que os roteiristas estão exagerando nas cenas gays. "Às vezes, eles estão indo longe demais para o meu gosto, mas não vou revelar quais (programas) são esses", contou.

"Eu espero que as pessoas não abusem e esfreguem na nossa cara... ao ponto de acharem que são coisas do cotidiano"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.