Stephen Ira, 23 anos, nascido Kathlyn, é o primeiro dos quatro filhos de Warren Beatty e Annette Bening. Ele escreveu série de Tweets de apoio à comunidade trans depois do suicídio da adolescente trans americana Leelah Alcorn. "Eu sobrevivi"

Leelah Alcorn, a menina trans de 17 anos que cometeu suicídio nos Estados Unidos, fez um apelo em sua carta de despedida: não deixem minha morte ser em vão. Ela pediu para os pais de trans não tratarem seus filhos como seus pais a trataram - recusando reconhecer sua transexualidade e a trancando em casa - e para a sociedade mudar seus pontos de vista.

Stephen Ira, 23 anos, filho trans de Warren Beatty e Annette Bening, está fazendo sua parte. Desde que a notícia da morte de Leelah veio à tona, ele começou a escrever uma série de Tweets: "Deem a essa jovem garota na morte a paz que ela merece e trabalhem pelas coisas de que ela precisava enquanto viveu." E depois, em uma missiva voltada diretamente aos pais, ele escreveu: "SE VOCÊS NÃO CONSEGUEM LIDAR COM UM FILHO TRANS, NÃO TENHAM FILHOS."

TERAPIA DE CONVERSÃO

Em sua carta de despedida, Leelah disse ainda que seus pais a encaminharam para terapeutas cristãos, que reforçaram a ideia de que ser transgênero é errado. "Se seu terapeuta tenta te convencer a não fazer a transição, isso é terapia de conversão. Eu sobrevivi a terapias de conversão e homofobia", tuitou Stephen.

Mais velho de quatro irmãos, Stephen nasceu menina e foi batizada de Kathlyn. Ele começou sua transição aos 14 anos. Beatty, 77, e Bening, 56, nunca fizeram nenhuma declaração pública relacionada ao gênero do filho. Ele próprio, em depoimento em video, agradeceu apenas aos amigos e parceiros pelo apoio que recebeu.

Atraio pessoas que não são trans e tenho um namorado lindo. Vocês irão e podem ser amados e adorados

Uma das questões que Leelah levantou em sua carta de despedida foi o fato de que viveria eternamente entre ser um homem solitário que gostaria de ser mulher ou uma mulher solitária que nunca teria um homem que a amasse de verdade. Stephen usa sua experiência para contestar as noções do jovem que não teve tempo de ter nenhuma experiência sexual positiva. "Atraio pessoas que não são trans e tenho um namorado lindo. Vocês irão e podem ser amados e adorados", ele disse por Twitter para encorajar toda a comunidade trans.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.