No passado, o então presidente Bill Clinton e o governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger atuaram contra o casamento gay. Barack Obama foi o primeiro presidente em exercício a se pronunciar a favor do direito

Mapa do casamento gay nos EUA: estados em amarelo já legalizaram ou estão em vias de legalizar, nos amarelos emendas constitucionais proíbem o direito
Reprodução
Mapa do casamento gay nos EUA: estados em amarelo já legalizaram ou estão em vias de legalizar, nos amarelos emendas constitucionais proíbem o direito

Massachusetts foi o primeiro estado americano a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em 2003. Bem antes disso, em 1995, como se para se prevenir sobre o avanço da discussão da legalização do casamento homoafetivo, o estado de Utah aprovou uma Lei de Defesa do Casamento (DOMA), que definia o casamento como contrato exclusivo entre um homem e uma mulher. Na ocasião, vários outros estados já haviam aprovado estatutos que defendiam o mesmo conceito.

Em 1996, o então presidente Bill Clinton sancionou lei que definia o casamento como sendo entre um homem e uma mulher, impedindo o reconhecimento em nível federal do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Mais tarde ele justificaria sua atitude em artigo publicado no jornal “The Washington Post” em março de 2013, alegando que era “uma época bastante diferente”, quando nenhum estado americano reconhecia o casamento gay, embora alguns estivessem caminhando para a sua aprovação.

Veja na linha do tempo a evolução - e eventuais regressos - do casamento gay em território norte-americano. Os dados são do Centro de Pesquisa Pew .

1997 - O Havaí se torna o primeiro estado a aprovar a união civil de casais homossexuais.

1998 - Alaska e Havaí aprovam emenda constitucional que proíbe o casamento gay.

1999 - A Califórnia permite que casais de gays e lésbicas se registrem como parceiros domésticos. Em Vermont, os casais do mesmo sexo passam a ter os mesmos direitos legais e benefícios dos casais heterossexuais. 

2000 - O estado de Nebraska aprova emenda constitucional que proíbe o casamento homossexual. Eleitores da Califórnia aprovam a Proposição 22, lei estadual que proíbe o casamento homossexual.

2001 - A maioria dos americanos se opõem ao casamento do mesmo sexo, com margem de 57% para 35%. Em 2013 o apoio da população americana aumenta um pouco, com 50% a favor e 43% contra.

2003 - Massachusetts determina que a constituição estadual dê aos casais de gays e lésbicas o direito de se casar, se tornando o primeiro estado americano a estender esse direito aos casais homossexuais. Os casamentos começam em 2004.

2004 - Autoridades locais da Califórnia, Nova York, Novo México e Oregon permitem que casais do mesmo sexo se casem. Essas licenças são posteriormente invalidadas.

2006 - Eleitores de Alabama, Colorado, Idaho, Carolina do Sul, Dakota do Sul, Tennessee, Virgínia e Wisconsin aprovam emendas constitucionais que proíbem o casamento gay. No estado do Arizona, a emenda constitucional é rejeitada, marcando a primeira vez que a proibição ao casamento gay é derrubada por voto popular.

2007 - Arnold Schwarzenegger, então governador da Califórnia, veta a legislação que teria legalizado o casamento gay.

2008 - Connecticut se torna o segundo estado a permitir o casamentro entre casais de gays e lésbicas.

2009 - Iowa é o terceiro estado que legaliza o casamento gay, seguido por New Hampshire, Vermont e Distrito de Columbia. A Suprema Corte da Califórnia determina que a Constituição estadual garanta o direito ao casamento gay, mas no fim do ano a população da Califórnia aprova a Proposição 8, emenda constitucional que veta o casamento homossexual.

2010 - Tribunal Federal na Califórnia decide que a Proposição 8 viola a Constituição dos Estados Unidos.

2011 - Havaí permite a união civil dos casais gays e Nova York passa a ser o sexto estado a legalizar o casamento gay.

2012 - Barack Obama é o primeiro presidente em exercício a anunciar seu apoio ao casamento homossexual. Maine, Maryland e Washington são os primeiros a aprovar o casamento gay por voto popular. 

2013 - A Proposição 8 é considerada ilegítima e a Califórnia volta a celebrar os casamentos gays. Delaware, Havaí, Illinois, Minnesota, Rhode Island, New Jersey e New México permitem o casamento de casais do mesmo sexo.

2014 - Indiana, Oklahoma, Utah, Virgínia, Wisconsin, Oregon, Pensilvânia, Colorado, Nevada, Alasca, Idaho, West Virginia, Carolina do Norte, Arizona, Wyoming, Kansas, Carolina do Sul e Montana legalizam o casamento gay.

2015 - O casamento gay se torna legal na Flórida. Os restantes 14 estados têm emendas constitucionais que proíbem o casamento gay.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.