O dia amanheceu em festa. Diante da prefeitura de Orlando houve casamento coletivo de 44 casais. Agora, 70% dos norte-americanos vivem em território onde o casamento gay é legal

Após muita expectativa e batalhas judiciais, o casamento homossexual se tornou realidade em todo o estado americano da Florida. À meia noite de terça-feira (6), quando caiu a proibição ao casamento gay no estado, em vigor desde 2008, 70% dos norte-americanos passaram a viver em território onde casais do mesmo sexo podem se casar. A Florida, terceiro estado mais populoso dos EUA, com 19,9 milhões de pessoas, é o 36º dos 51 estados americanos a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Em Miami, um juiz não considerou necessário esperar até que a proibição tivesse expirado e realizou o primeiro casamento legalmente reconhecido entre um casal do mesmo sexo na tarde desta segunda (5). Mas foi mesmo a terça (6) que concentrou a maioria dos casamntos. Logo cedo, às 9 hs., aconteceu um dos maiores eventos do dia. Na frente da prefeitura de Orlando, o prefeito, Buddy Dyer, realizou um casamento coletivo para 44 casais. 

Dyer pediu para os casais ficarem de pé, disse os votos, ordenou que eles trocassem alianças e declarou: "Tenho a honra de pronunciá-los legalmente casados."

A multidão explodiu em gritos e aplausos.

Foi o fim de uma longa espera para muitos casais. "Até o último minuto, nós pensamos que isso não ia acontecer", disse Paul Hamiric, ao lado de seu parceiro. "Nunca pensei que isso aconteceria em nossa vida. Foi um sonho de que eu estava desistindo."

Junto com os casais que seguravam suas certidões de casamento, muitas bandeiras do arco-íris cor coloriram o dia por toda a Flórida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.