Ator que se reconhece como queer é escolhido para viver super-herói no cinema

Ainda não temos um super-herói assumidamente gay no cinema, mas certamente um passo foi dado nesta direção com o anúncio de que o ator Ezra Miller , mais conhecido pelos filmes independentes “Precisamos falar sobre o Kevin” e “As vantagens de ser invisível”, será o intérprete do Flash, o super-herói ultra veloz da editora DC Comics. Miller assumiu sua homossexualidade em entrevista à revista OUT em 2012.

O ator, de 22 anos, disse se reconhecer como queer. “O caminho que eu escolheria para me identificar não seria gay. Eu estive com muitas pessoas e vou me abrir para o amor onde quer que ele possa estar”. Miller foi além em sua reveladora entrevista. “Qualquer um que não teve um momento gay é alguém, provavelmente, tentando evitar um confronto com uma realidade em sua vida”.

O ator Ezra Miller em montagem ao lado do Flash, a quem dará vida no cinema
reprodução/variety
O ator Ezra Miller em montagem ao lado do Flash, a quem dará vida no cinema


No ano passado, o ator voltou a falar sobre o assunto e justificou a escolha do conceito “queer” por considerá-lo mais inclusivo e pertinente, na esfera pessoal e geracional. “Eu sinto que o termo é mais abrangente e inclusivo e é justamente o que o faz funcionar para mim”, explicou ao site The Advocate.

Miller será Barry Allen , um membro da polícia científica que após um acidente químico consegue canalizar e acessar o poder vindo do “campo de velocidade” e passa a alcançar velocidades altíssimas. O personagem recentemente ganhou uma nova versão na TV. A série “The Flash” atualmente é exibida no canal pago Warner às quintas-feiras.

A versão cinematográfica, protagonizada por Ezra Miller , está agendada para 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.