Apresentador conta que recebeu ligações do Brasil e "de fora" após revelação, e que o filho Luc está "muito feliz" com todas as respostas positivas que recebeu

Marcelo Tas e Luc, seu filho transexual que mora nos Estados Unidos
Reprodução
Marcelo Tas e Luc, seu filho transexual que mora nos Estados Unidos

Marcelo Tas participou do lançamento da segunda temporada da websérie infantil "Pilhados", de uma marca de pilhas e baterias, na tarde dessa terça-feira (7), em São Paulo. O apresentador, que recentemente deu uma entrevista à revista Crescer falando sobre a transexualidade do filho Luc , 22, contou o motivo que o fez expor o assunto ao público.

CURTA A PÁGINA DO IGAY NO FACEBOOK

"Acho que as coisas têm seu tempo. Não fui eu que decidi. Quando a gente têm filhos, acho que é muito importante termos uma conexão de coração com eles e sentir a hora que chega o momento disso ser amadurecido o suficiente para você contar para a sociedade. A revista foi muito paciente. Me procuraram no início do ano porque já sabiam da história e esperaram a hora que a gente quisesse falar de um jeito bacana", diz o apresentador do "CQC".

Após falar abertamente e sem preconceitos sobre o filho, Tas viu uma ótima repercussão e exemplo para outras pessoas: "A resposta foi muito surpreendente, a notícia explodiu o Brasil inteiro, recebi telefonas daqui e de fora também".

"Meu filho trabalha na OEA (Organização dos Estados Americanos), e eles estão querendo traduzir a entrevista porque acham que é um depoimento que pode servir para pais e filhos em várias partes do mundo e é uma questão que tem muito a ver com violência. Têm um lado de extrema preocupação porque muita gente sofre violências horríveis que não deveriam sofrer por isso. Eu creio que nós, pais que sofremos algum tipo de preconceito por conta de orientação sexual ou gênero, temos que ter consciência de que a vida é muito maior do que isso. É uma questão tão pessoal, não podemos fazer que isso vire um motivo de violência", completa.

Veja também: Marcelo Tas sobre seu filho transexual, Luc: "Aceitei e acolhi"

Seu filho também parece ter tirado um peso das costas ao falar sobre sua vida. "Ele [Luc] está muito feliz. Para ele foi um momento muito importante porque ele se colocou da maneira como é. E soube ouvir uma resposta muito positiva. Embora muita gente ainda responda de uma maneira muito boboca e até de forma agressiva, até candidatos à Presidência não têm maturidade para isso. A gente vive num país aparentemente liberal, pacífico, mas a violência contra gays, mulheres, crianças é criminosa. Não podemos aceitar isso", revela o apresentador.

Veja quem são os parentes gays dos famosos: