Carreira do musical "Hedwig and the Angry Inch" segue na Broadway. Depois de Neil Patrick Harris e Andrew Rannells, é a vez de Michael C. Hall se montar para interpretar Hedwig

A diferença entre a TV e o teatro é uma das graças de poder ir até Nova York para assistir a um musical da Broadway. Na TV nós vimos Neil Patrick Harris como um homem hetero em "How I Met Your Mother", vimos Andrew Rannells como um gay em "The New Normal" e como o melhor amigo (gay) da Hannah (Lena Durham) em "Girls" e vimos Michael C. Hall como o assassino serial Dexter no seriado respingado de sangue que foi cancelado no ano passado depois de oito temporadas.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Na Broadway os três se alternaram no mesmo papel no musical "Hedwig and the Angry Inch": o da transexual Hedwig, que nasceu na Berlim oriental antes da queda do muro e sonha encontrar seu príncipe encantado e montar uma banda de rock. Quando se apaixona por um americano, faz uma cirurgia de mudança de sexo mal sucedida e sobra com a tal da "angry inch", a polegada furiosa que restou do seu pênis. (Uma polegada mede 2 centímetros e meio). Tem versão para o cinema também: vale ver o filme de 2001, com John Cameron Mitchell (que também é o diretor). 

No palco, como Neil Patrick Harris e Andrew Rannells fizeram antes, Michael Hall usa muita maquiagem brilhante, batom forte na boca, salto alto e peruca para a estreia de Hedwig como a estrela do rock de Berlim Oriental.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.