Primeiro ministro britânico, em entrevista para a TV, diz que não se incomoda com gays se beijando em público

Evan Davis entrevista o primeiro-ministro britânico David Cameron para o programa 'Newsnight', da BBC.
Reprodução
Evan Davis entrevista o primeiro-ministro britânico David Cameron para o programa 'Newsnight', da BBC.

David Cameron disse que se sente confortável com homens gays se beijando em público. A declaração foi feita ao programa "Newsnight", da BBC, cujo novo âncora é o jornalista Evan Davis.

Davis criou uma série de cenários hipotéticos para o sr. Cameron julgar. A intenção era enquadrá-lo como um "modernizador" ou um líder "mais conservador". O âncora explicou o formato da entrevista e disse que assim tentaria receber respostas claras sobre o ponto de vista do primeiro ministro, que topou o desafio. "Vamos, você pode tentar."

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Uma das perguntas foi esta: "Dois homens recém-casados ​​se beijando em um parque público é uma situação 'carinhosa' ou 'levemente imprópria'"?
"Não, tudo bem. Eu tenho sido muito claro sobre isso e faço, por assim dizer, uma união dos valores tradicionais e modernos", disse Cameron. "Eu acredito na família, acredito no casamento e acho que é uma instituição tão importante que aos homens deve ser permitido se casar om outros homens e às mulheres deve ser permitido se casar com outras mulheres."
E acrescentou: "Se eu posso beijar minha esposa em público, não vejo por que você não pode beijar seu marido em público."

Ao final da entrevista, Davis fez a conta: Cameron deu uma resposta modernizadora (sobre os gays poderem se beijar em público), uma conservadora (as crianças devem aprender na escola medidas tradicionais britânicas - como libras em vez da mais global quilos) e uma em cima do muro (a escolha entre um funcionário regular britânico e um ótimo funcionário imigrante fica por conta da empresa). 

Davis não gostou do resultado: "Não ficou claro de que lado da cerca você está, e o perigo é que você não pode ficar no meio do caminho."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.