Morte de João Antônio Donati, encontrado em terreno baldio, ganhou atenção das maiores publicações LGBTs do mundo

O assassinato de João Antônio Donati , de 18 anos, ganhou a atenção de alguns dos principais veículos de comunicação LGBT no mundo. O site "Pink News" , a maior publicação LGBT do Reino Unido, destacou o fato de que crimes homofóbicos e transfóbicos são comuns no Brasil e relembrou outros dois casos de gays mortos em ataques homofóbicos no País.

Leia: População presta homenagem a gay encontrado morto e prepara protestos

O corpo de Donati, que era gay declarado, foi encontrado em um terreno baldio em Inhumas, região metropolitana de Goiânia, na última quarta-feira (11). Ele tinha sinais de violência e um saco plástico dentro da boca. 

O site "Gay Star News" destacou a estimativa do Grupo Gay Bahia de que um homossexual é morto a cada 36 horas no País, e que em 70% dos casos as investigações não são concluídas pelas autoridades.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Em seu perfil no facebook, amigos e internautas postaram mensagens de apoio à família de João e se mostraram perplexos com o assassinato. Também pelas redes sociais, atos de protesto contra o caso estão sendo organizados em São Paulo, Belo Horizonte, Goiânia e Lavras, para este final de semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.