Para discutir o tema, o iGay recebe o padre Beto, que foi excomungado da igreja católica por defender o amor gay, e Lula Ramires, coordenador da ONG LGBT Corsa

O Desafio iG desta semana aborda a posição da igreja católica em relação à homossexualidade após a chegada do Papa Francisco. O pontífice chegou a abençoar o grupo LGBT católico Kairos, da Itália, e declarou que ele não julga os gays. Para Lula Ramires, coordenador da ONG LGBT Corsa, a postura do Papa sinaliza uma maior abertura para a comunidade LGBT na religão.

- Para religião de Marina Silva, homossexualidade vai contra o plano de Deus

No entanto, para o padre Beto, que foi excomungado da igreja católica por defender o amor gay, o discurso católico ainda é permeado por um julgamento contra a homossexualidade e, o que se vê na realidade, é uma discriminação contra a minoria.

SIGA O IGAY NO FACEBOOK

Assista ao debate no vídeo abaixo e deixe seus comentários. A moderação é da editora-executiva Ana Ribeiro.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.