Sugestão para o final de semana é separar a pipoca e curtir um filme romântico porque também adoramos finais felizes

Os filmes de temática gay ganharam visibilidade retratando quase sempre a parte complexa da homossexualidade. Descoberta, busca pela aceitação, preconceito, e parece até que a telona não acredita em finais felizes para os casais do mesmo sexo. Mas isso está mudando. Pra provar, o iGay selecionou alguns filmes românticos de temática LGBT, porque a gente também adora um final feliz.

Para começar a seleção, não dá para não falar sobre o sucesso de público e crítica "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", do diretor Daniel Ribeiro . Ainda em cartaz em vários cinemas do país, conta a história do jovem cego Léo ( Guilherme Lobo ), que vive às voltas com a melhor amiga Giovana ( Tess Amorin ), e que descobre as delícias e as inseguranças do primeiro amor com a chegada do fofíssimo Gabriel ( Fabio Audi ). O filme é um sucesso:  já alcançou a marca de 100 mil espectadores e diversos prêmios em festivais pelo mundo. 

Outro longa nacional que vem conquistando corações e premiações é "Tatuagem" (2013), que acaba de chegar às locadoras do país. Na trama, o militar Fininho ( Jesuita Barbosa ) começa uma delicada e intensa relação com Clécio ( Irandhir Santos ), líder de um grupo de teatro alternativo que luta contra a censura e o moralismo na década de 70. O prêmiado filme conta com uma das cenas de sexo mais lindas do cinema. 

Quem também sabe contar boas histórias de amor gay são os americanos. A produção "De repente Califórnia" (2007) traz a história de Zac ( Trevor Wright ), um tranquilo surfista que se vê apaixonado pelo irmão do melhor amigo, Shaun ( Brad Rowe ). Já "E Cupid" (2011) fala de um casal que precisa superar os problemas do cotidiano, onde Marshall ( Houston Rhines ) tem de resistir a tentações enquanto Gabe ( Noah Schuffman ) mergulha no trabalho. 

Já os filmes oriundos do continente europeu se dedicam à arte de emocionar, como em "Canções de Amor" (2007), que traz o confuso e sexy Ismaël Bénoliel ( Louis Garrel ) vivendo relações de poliamor e um fofo romance com Erwann ( Grégoire Leprince-Ringuet ) em uma charmosa Paris. "Weekend" (2011) mostra um casal que se conhece, se apaixona e se separa em um fim de semana. Destaque para Tom Cullen , da série "Downton Abbey" emocionando como Russel. 

Os filmes com meninas ainda são em menor quantidade e a qualidade, infelizmente, é quase sempre duvidosa. Mas elas também têm vez no cinema, em especial o europeu. Da Espanha vem "Um Quarto em Roma" (2010), que traz o intenso encontro de Alba ( Elena Anaya ) e Natasha ( Natasha Yarovenko ), que passam uma noite juntas em um hotel da cidade. A premissa poderia ser incrível, mas o filme promete mais do que entrega.

O simpático filme americano "Imagine Eu e Você" (2005) aposta no romance entre uma noiva, Piper Perabo (Covert Affairs), e uma florista,  Lena Headey (Game of Thrones), que encontram mais do que arranjos para o casamento da primeira (com um homem) quando se conhecem.  

Se sua vontade é rir, vale investir nos filmes da franquia "Comendo Pelas Beiradas", que conta com cinco títulos, ou no longa "Another Gay Movie" (2006), sátira gay aos filmes de besteirol americanos como "Amerian Pie". 

'Another Gay Movie' é alternativa para quem quer rir
Divulgação
'Another Gay Movie' é alternativa para quem quer rir



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.