Primeiro jogador de futebol americano assumidamente gay, atleta chorou copiosamente ao ser contratado. Veja vídeo que mostra atleta recebendo notícia da contratação

O primeiro atleta assumidamente gay do futebol americano, Michael Sam tem vivido uma fase só de boas notícias. Depois de assinar um contrato com a companhia de cartões de crédito Visa, ele foi contratado no fim de semana para jogar no St. Louis Rams, um time dos times  da NFL, a mais importante liga do esporte.  

CURTA O IGAY NO FACEBOOK

Sam, que integrava a liga universitária, se assumiu gay em fevereiro deste ano, numa entrevista ao jornal The New York Times. Ao lado do namorado Vito Cammisano ,  o jogador recebeu a notícia de que tinha sido escolhido na frente das câmeras do canal esportivo ESPN. 

Ao receber o telefonema de Jeff Fischer, técnico do St. Louis Rams, Sam chorou copiosamente e não consiguiu fazer nada além de dar um beijo apaixonado em Vito.  

Michael Sam se assumiu gay em fevereiro deste ano
The New York Times
Michael Sam se assumiu gay em fevereiro deste ano

Sam foi o 249º selecionado entre os 256 jogadores universitários contratados neste fim de semana pelos times da NFL.  

Apesar de ter sido premiado como melhor defensor da Conferência Sudeste e também eleito para o time do ano na liga universitária, Sam só foi contratado na sétima e última rodada. 

Sua contratação virou uma incógnita após ele não ter sido chamado nas três primeiras rodadas, nas quais são selecionados os melhores jogadores.

Com 1,88m e 116kg, ainda não tem assegurada sua entrada definitiva da na liga, já que nem todos os selecionados são contratados para jogar na temporada regular.  O anúncio dos 53 jogadores do St. Louis Rams será divulgado só em agosto, após treinos.

Mesmo antes de entrar em campo, Sam já dá sinais de que será bem recebido pelos torcedores do clube. Sua camisa já é a segunda mais vendida entre universitários escolhidos.  

Veja reação de Michael Sam ao ser contratado: 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.