Ellen DeGeneres encabeça a lista da revista OUT, seguida do presidente da Apple Tim Cook e da jornalista Rachel Maddow

Mais importante revista americana voltada para o público LGBT,  a Out acaba de divulgar a lista dos gays mais poderosos dos Estados Unidos. Quem encabeça o ranking é a apresentadora e comediante Ellen DeGeneres , dona de um dos talk shows mais populares do país. Ela subiu um lugar em relação ao ano passado.  

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

Além do sucesso com seu programa diário, a apresentadora e comediante também brilhou em 2014 apresentando a cerimônia do Oscar, uma das maiores audiências da TV mundial, com telespectadores na casa do bilhão. Ellen trocou de lugar com o poderoso presidente da Apple Tim Cook , que ficou em primeiro em 2013. Defensor dos direitos trabalhistas dos LGBTs, ele está agora na vice-liderança.  

Estrela do filme “X-Men Dias de um Futuro Esquecido", a atriz Ellen Page é a grande novidade da lista de 2014, em 35º lugar. Ela saiu recentemente do armário, se assumindo lésbica num discurso em um evento da ONG Human Rights Campaign, em fevereiro passado.

Outro estreante é o jogador de futebol americano Michael Sam,  que quebrou barreiras ao se declarar gay num universo esportivo notoriamente preconceituoso. Demonstrando a importância de seu gesto, Sam entrou na lista  logo entre os 10, na 9ª posição.

Quem vem logo atrás de Sam na lista é a também estreante Robin Roberts . Uma espécie de Fátima Bernardes dos EUA, a jornalista apresenta o popular programa matinal “Good Mording América” (ABC). Robin saiu do armário recentemente, no final do ano passado. Sua atitude foi parabenizada pela primeira-dama americana, Michelle Obama

Ellen Page foi um dos grandes destaque da lista de poderosos
Getty Images
Ellen Page foi um dos grandes destaque da lista de poderosos

A terceira posição é ocupada por uma já veterana lista, a jornalista Rachel Maddow.   Principal ancora do canal de notícias MSNBC, ela foi a primeira jornalista assumidamente gay a comandar um telejornal no horário nobre da TV americana, em 2008.

Rachel subiu também uma posição, assumindo o posto que no ano passado  era do produtor das séries “Glee” e “American Horror History”  Ryan Murphy , que neste ano ficou com o 6º lugar.

Logo depois de Rachel, quem continua a lista é a senadora democrata  Tammy Baldwin,  em 4º lugar. O jornalista inglês  Glenn Greenwald  vem logo em seguida, em 5º lugar.  Ele teve papel fundamental na revelação de que o governo dos EUA espionava outros países, obtendo documentos vazados pelo técnico da agência NSA Edward Snowden . Greenwald vive no Rio de Janeiro com o namorado brasileiro David Miranda. 

Outro influente da telinha, o ator Neil Patrick Harris , da celebrada recém-extinta série “How I Met You Mother” levou a sétima colocação, depois do já citado Ryan Murphy. Sempre acompanhado publicamente dos filhos Harper Grace e Gideon Scott  e do marido David Burtka, ele está brilhando atualmente o musical da Broadway “Hedwig e o Centímetro Enfurecido”.

Andy Cohen , produtor da franquia de reality shows 'The Real Housewives' e apresentador, ficou em 8º lugar.

Laverne Cox que recebeu o prêmio de destaque do ano do GLAAD Media Awards aparece como aposta da OUT
Getty Images
Laverne Cox que recebeu o prêmio de destaque do ano do GLAAD Media Awards aparece como aposta da OUT

Representando o mundo da moda, entraram na lista os estilistas Michel Kors (12ª), Tom Ford (37ª) e Marc Jacobs (39ª).  Outros destaques são as atrizes Jane Lych (20ª) e Ellen Page (29ª), assim como a drag queen Ru Paul (49ª).

A lista traz ainda as promessas para 2015, incluindo a atriz transexual Laverne Cox , da série “Orange Is The New Black”, do Netflix. Laverne foi consagrada recentemente como o maior destaque da comunidade LGBT do ano pelo GLAAD, associação voltada a promoção dos direitos LGBT. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.