Primeira parte do GLAAD Awards premiou a cantora latina, a série “The Fosters” e a atriz transexual Laverne Cox

A cidade de Los Angeles, na Califórnia (EUA) ficou ainda mais colorida no último sábado, (12), durante a 25ª edição do GLAAD Mídia Awards. Foram entregue 12 dos 29 prêmios da organização que evidencia trabalhos ligados à diversidade. Os prêmios restantes serão anunciados no dia três de maio em Nova York.

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

A cantora Jennifer Lopez recebeu o prêmio “Vanguardista” por sua atuação na comunidade, que inclui também seu trabalho como produtora na série da ABC “The Fosters”, que conta a história de um casal de lésbicas às voltas com seus quatro filhos adolescentes. O programa levou ainda a estatueta de melhor série dramática.

O prêmio Stephen F. Kolzak , que seleciona a figura de maior destaque no ano foi dado à atriz transexual Laverne Cox , do seriado “Orange Is The New Black” transmitida pelo canal sob demanda Netflix. Quem entregou a estatueta foi a atriz recém assumida, Ellen Page .

Nas telinhas foram premiados ainda “Behind the Candelabra”, o filme feito para TV da HBO que conta a história do pianista Liberaci . Já o escritor e produtor Norman Lea , responsável por famosos sitcoms da década de 70 como "All In The Family", " Sanford and Son " e " The Jeffersons" , recebeu o prêmio de Pioneiro.

Um dos destaques da noite foi a modelo Naomi Campbell que subiu ao palco para defender a modelo trasnssexual Carmem Carrera , que tem movimentado o mundo da moda e sido alvo de abaixo assinados para integrar o time de Angels da “Victoria Secrets”.

Foram premiados também Manny de Guerre , fundador do festival de cinema russo, “Side by Side LGBT Film Festival”, os documentários “Noivo” e “Call Me Kuchu”. "Big Freedia : Queen of Bounce" levou melhor reality show e “Days of Our Lives”, melhor novela.

Nas categorias jornalismo, o artigo “LGBT in Capital”, da jornalista Melissa Griffiths e “We Are Here: LGBT in Uganda" de Sunnivie Brydum da revista Advocate. Artista musical ficou com Tegan and Sara  e quadrinhos ”Jovens Vingadores” de Kieron Gillen .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.