Maior do Brasil, parada será patrocinada pela Netflix, além de outros quatro apoiadores. Por causa da Copa, evento foi antecipado para o dia 4 de maio

Em 2014, a Parada do Orgulho Gay de São Paulo será realizada mais cedo do que de costume. A 18ª edição acontece no próximo 04 de maio para não competir com a programação da Copa do Mundo em junho. O local vai ser o mesmo de todas as outras edições, a Avenida Paulista.  A maior celebração da comunidade LGBT brasileira terá um novo patrocinador neste ano, o sistema de vídeos e filmes online Netflix, que se une aos tradicionais apoiadores do evento, a Caixa Econômica Federal, a  Petrobras, o Governo Federal e marca de preservativos Olla.  

CURTA O IGAY NO FACEBOOK

A cantora Wanessa   será a estrela do show de encerramento do evento, conforme informou a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT), em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (10).

O show será no palco instalado na Praça da República, às 19h, local que tradicionalmente encerra o percurso da parada.  O cantor Pedro Lima, um dos finalistas da segunda edição do programa “The Voice” (TV Globo) também vai se apresentar.  

Além dos patrocinadores, o evento também conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo, que investe R$ 2 milhões em estrutura, saúde e segurança para a parada, segundo Pamela Godoy, coordenadora adjunta de Políticas LGBT de São Paulo.  

O investimento vale à pena. Em 2013, a parada gerou ganhos de R$$ 188 milhões para a cidade, de acordo com dados do Observatório de Turismo.

Nesta edição, o evento mantera a fiscalização, que apreendeu 17 mil produtos irregulares em 2013. A bebidas alcoólicas predominaram entre os itens apreendidos.  

Pamela ressaltou que a edição de 2013 apresentou uma melhora em relação a de 2012. “Tivemos uma diminuição de 28% nos atendimentos de saúde [aos participantes], assim como nos registros de furto”, explica a coordenadora.  

A segurança do evento será reforçada com a criação de uma sala que vai concentrar, com  ajuda das câmeras da CET, todos os serviços necessários à parada, como saúde a segurança.

Wanessa será a estrela do show de encerramento da parada gay paulistana
AgNews
Wanessa será a estrela do show de encerramento da parada gay paulistana

Dois outros pontos serão exclusivos para concetrar a coordenação das forças de segurança envolvidas no evento. “Serão aproximadamente 1500 agentes da Guarda Civil Metropolitana, 2500 da Polícia Militar, todos com o apoio de 621 viaturas. Além disso, serão 150 leitos disponíveis e 30 ambulâncias”, informou Pamela. 

Fernando Quaresma,  presidente da APOLGBT, aproveitou a sua fala na coletiva para criticar  a ausência de uma lei no Brasil que puna os crimes homofóbicos.  "No ano passado, o Senado enterrou o PLC 122, que foi tirado da pauta de votação sem explicações aceitáveis para a comunidade LGBT. Mas não vamos nos calar ou desistir, pois temos direito a uma lei que lute contra os requintes de crueldade e puna os agressores, assim como outros grupos agredidos em razão de cor, etnia e religião", discursou Quaresma. 

O presidente da APOGLBT apresentou o tema da 18ª edição da parada: “País Vencedor é País Sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes. Criminalização Já”. A programação do evento vai contar ainda com o Ciclo de Debates no auditório dos Comerciários, de 22 a 25 de abril.

Completam a programação da parada, os eventos Feira Cultural LGBT, o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, a Caminhada das Lésbica,  o espetáculo Dark Room e a Mostra de Cinema e Ciclo de Leituras Dramáticas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.