Iniciativa pretende levantar R$ 50 mil para entrevistar convidados como o cartunista Laerte Coutinho, o deputado Jean Wyllys e o humorista Gregório Duvivier

Conhecido por seus irônicos e divertidos vídeos na internet,  o humorista e videomaker e ativista LGBT Rafucko quer a agora ter o seu próprio talk show. Para isso, ele criou uma campanha na plataforma Catarse para arrecadar fundos para produzir o programa de entrevistas.  

CURTA  O IGAY NO FACEBOOK 

A meta de Rafucko é R$ 50 mil até o dia 13 de maio
Reprodução/Catarse
A meta de Rafucko é R$ 50 mil até o dia 13 de maio

Rafucko pretende arrecadar R$ 50 mil com a campanha. 20% deste valor será usado para a compra de equipamento técnico. 67% será gasto com o pagamento da equipe e custos de produção, como transporte, alimentação, direção de arte e figurino. Os 13% restantes irão para as taxas cobradas pela plataforma Catarse e pelas empresas de cartão de crédito.  

A primeira temporada terá dez entrevistas de 10 a 20 minutos. Sete convidados já estão confirmados, como o cartunista Laerte Coutinho , o deputado federal e colunista do iGay Jean Wyllys (PSOL-RJ) e o humorista Gregório Duvivier.

O cartunista André Dahmer , o escritor J.P.Cuenca , o deputado estadual  Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e a multiartista Letuce completam a lista.  

Se os R$ 50 mil não forem arrecados até o próximo dia 13 de maio,  o dinheiro  será devolvido para quem já tiver contribuido. 

Mais informações:  catarse.me/pt/rafucko

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.