Organizadora da parada na cidade fluminense, Sharlene Rosa diz que atriz e humorista ficou entusiasmada com a ideia

Tatá Werneck  recebeu um convite todo especial durante o Desfile das Campeãs das escolas de samba do Rio de Janeiro, no último sábado (08). A atriz e humorista foi convidada a ser madrinha da Parada Gay de Duque de Caxias, na região metropolitana do Rio de Janeiro. O evento deve acontecer no próximo mês de setembro.  

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

Quem fez o convite foi a presidente de honra do GPD (Grupo Pluralidade e Diversidade de Duque de Caxias)  Sharlene Rosa , uma das organzidoras da parada.  "Ela ficou apaixonada, foi muito calorosa, muito diferente de quem não está a fim, a gente percebe. Se não rolar, deve ser por conta de agenda", conta Sharlene.

"Sou fã dela, assim como todo o movimento gay", acrescenta Sharlene, que dividiu um camarote com a atriz durante o desfile.

Transexual,  Sharlene diz que Tatá ficou surpresa com sua identidade de gênero. "Ela ficou abismada, falou que eu era linda, maravilhosa. Ela fala com o maior carinho. Não deixou de atender nenhum fã." 

A presidente de honra do GPD explicou ainda que em eventos LGBT, como as paradas, não existe pagamento de cachê para convidados. "Contamos com os artistas para fortalecer o movimento e nossa luta, e ficamos muito felizes quando eles abraçam a causa".

A atriz Bruna Marquezine, estrela da novela "Em Família" (TV Globo), também está no alvo de Sharlene. "Ela nasceu aqui em Duque de Caxias, é importante termos esses modelos na parada".

A parada de Duque de Caxias celebra este ano sua nona edição. Em 2013, o evento reuniu 350 mil pessoas nas ruas da cidade fluminense, tendo como rainha a atriz Viviane Araujo e promoter  David Brazil,  como padrinho.

Tatá Werneck recebe convite para ser madrinha da Parada Gay de Duque de Caxias
Photo Rio News
Tatá Werneck recebe convite para ser madrinha da Parada Gay de Duque de Caxias


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.