Neon , Applause Lady Gaga e Dizi Croquetes: três tipos de makes para os meninos gays passarem a folia com estilo

Uma maquiagem para brilhar no carnaval, mas que não exija horas de trabalho em frente ao espelho. Essa foi a ideia que tivemos aqui na redação do iGay para facilitar a vida dos meninos que se recusam a curtir a folia com uma produção comum e sem personalidade. São três propostas de looks, que variam de acordo com o estilo e consideram as diferentes habilidades de cada um com os pincéis - variando da make mais fácil a mais elaborado.

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

Leve e fácil de fazer, a primeira make é no estilo neon. Ela é ideal para hipsters/moderninhos e também para quem não gosta de usar muita maquiagem rosto. A segunda é para os fãs das divas da música pop. A inspiração é o pierrô surrealista que a cantora Lady Gaga encarnou no clipe da música “Applause”. O fãs little monsters dela vão amar.

A terceira é a mais elaborada de todas e vai agradar aos admiradores de um visual mais andrógino. A make foi inspirada num dos grupos teatrais mais importantes e legais que o Brasil já teve, o Dzi Croquettes . Misturando masculino e feminino, eles sacudiram o universo cultural brasileiro nos anos 70.

Os looks ficaram a cargo das experts Hanna Levy Nunes e Juliana Kataoka . As duas maquiadoras usaram materiais fáceis de encontrar – e melhor, bastante resistentes as horas de ferveção na folia.

Veja o passo a passo detalhado das maquiagem na galeria acima e as dicas das profissionais no texto abaixo.

NEON - “Existem maquiagens neons específicas, que têm um preço mais alto. Mas como o clima do carnaval é mais descontraído, vale improvisar com materiais mais baratos”, propõe Juliana, que aposta em sombras misturadas com água termal e batons para compor a maquiagem hipster.

Antes de tudo, é preciso lavar bem o rosto com um sabonete neutro, que além de limpar, ajuda a hidratar a pele. “É importante porque ajuda a fixar bem, evitando que a maquiagem fique escorrendo na hora de pular carnaval”, explica Juliana, que recomenda um truque infalível para que a pintura não fique assimétrica, ou seja , com um lado diferente do outro. A dica dela é usar os dedos para medir as distâncias.

O publicitário Rodrigo Turra ficou feliz com resultado e se divertiu com processo de maquiagem
Edu Cesar
O publicitário Rodrigo Turra ficou feliz com resultado e se divertiu com processo de maquiagem


“No caso dos pontinhos em cima das sobrancelhas, eu usei um dedo de distancia entre eles, para o desenho da maça do rosto, dois dedos, medindo a partir do nariz”, revela Juliana.

Modelo do make no estilo neon, o publicitário Rodrigo Turra , 24, adorou o resultado do trabalho de Juliana e está até pensando em curtir a folia, algo que ele não tem o hábito de fazer. “Não tenho costume de sair no carnaval, mas com a maquiagem até deu vontade, ficou divertida e achei bem tranquila de fazer”, comenta Rodrigo.

O universitário Luiz Romano se surpreendeu com a facilidade em produzir a make Applause
Edu Cesar
O universitário Luiz Romano se surpreendeu com a facilidade em produzir a make Applause

APPLAUSE - Para fazer a base da maquiagem do pierrô, a dupla de maquiadoras indica o uso de pancake ou clown, a maquiagem especifica para palhaços. “A clown é bem baratinha e achada facilmente em loja de fantasia”, conta Juliana.

Para os detalhes, as maquiadoras usaram clown colorida, batom e sombra nas cores azul e laranja. Nos toques finais, foi usado lápis preto e glitter para os olhos. A água foi usada para dar o efeito borrado, tão usado por Gaga em suas produções.

O estudante universitário Luiz Romano , 20, aprovou a make pela praticidade “Parece complexa, mas é umas das únicas maquiagens com a qual você não precisa ficar com a preocupação de que ela vai borrar ou até sair ao longo do dia”, avalia Luiz, que vai curtir a folia nos blocos do Rio de Janeiro.

DZI CROQUETTES - Aqui é preciso ter um pouco mais de cuidado e atenção, afinal a turma do Dzi Croquettes ficou conhecida pelas maquiagens impecáveis, além do talento, claro. Apesar disso, não é preciso ter medo de pesar a mão, recomenda Hanna. “É uma make mais teatral, mais forte mesmo”, esclarece a profissional.

Assim como fazia a turma do Dzi, não é preciso tirar a barba ou mesmo cobrir todo o rosto com base branca para deixar os traços mais femininos. “Tem só que esconder as sobrancelhas. Pode usar uma cola bastão para crianças porque é atóxica e não vai fazer mal para a pele”, indica Hanna, explicando ainda que a substância não gruda e sai com água corrente.

Fã do Dizi Croquetes, o publicitário Pedro Cerqueira , 24, se divertiu com o visual andrógino. “Foi engraçado ficar sem as sobrancelhas”, brinca ele, que só ficou incomodado com os cílios postiços.

“Eles dão efeito legal, mas são bem pesados para passar o dia todo. Mas de resto usaria tudo tranquilo”, avalia Pedro, que vai passar a folia em São Luiz do Paraitinga , cidade do interior paulista famosa pelo seu carnaval de rua.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.