The Advocate reconheceu capacidade do líder católico em convencer corações e mentes na abertura da sociedade para as pessoas LGBT

Capa da revista 'The Advocate', que elegeu o Papa Francisco como o mais influente do ano
Reprodução
Capa da revista 'The Advocate', que elegeu o Papa Francisco como o mais influente do ano

A revista The Advocate, uma das mais importantes publicações LGBT do mundo, elegeu o papa Francisco como a personalidade do ano. 

Na capa, a revista estampou o famoso discurso do líder máximo da Igreja Católica no fim de sua passagem pelo Brasil, durante  a Jornada Mundial da Juventude, em julho deste ano.  

“Se alguém é gay e busca o Senhor com boa vontade, quem sou eu para julgar?", questionou o papa, na ocasião.  

ELEJA O ACONTECIMENTO GAY DE 2013

Para a publicação, o religioso tem o mérito de participar de mudanças efetivas em grande escala. "Papa Francisco é o líder de 1,2 bilhão de católicos em todo o mundo . Há três vezes mais católicos no mundo do que há cidadãos nos Estados Unidos . Gostemos ou não, o que ele diz faz a diferença”. 

A revista não deixa de reconhecer que ainda há muitos aspectos negativos da Igreja em relação à comunidade gay, mas ressalta o lado positivo da postura do religioso. “Mas nada disso deve nos levar a subestimar a capacidade de qualquer papa para convencer corações e mentes na abertura (da sociedade) para as pessoas LGBT, e não só nos EUA, mas globalmente”, pondera a The Advocate. 

Leia mais: 
Papa Francisco é eleito Personalidade do Ano pela revista Time
Papa diz que gays não devem ser julgados ou marginalizados pela sociedade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.