Em enquete do iG com mais de 15 mil votos, leitores apontaram a religião como principal motivação do pastor e deputado federal. Em seguida ficaram as opções preconceito e orientação partidária

Marco Feliciano, pastor, deputado federal e presidente da CDHM
Reprodução
Marco Feliciano, pastor, deputado federal e presidente da CDHM

Os constantes ataques à comunidade gay do presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias do Congresso Nacional  Marco Feliciano (PSC-SP) tem a religião como principal motivação. É o que aponta a Enquete em Tempo Real do iG, que teve mais de 15 mil votos.  

ACOMPANHE O IGAY NO FACEBOOK 

Para a maioria dos votantes, o deputado federal e pastor evangélico ataca a comunidade LGBT por convicção religiosa, foram 8655 votos.

A distância do primeiro para o segundo lugar na votação foi pequena. Para 7324 votantes, Feliciano faz os ataques por preconceito. Na última colocação, com apenas 206 votos na enquete, ficou a opção Orientação Partidária.

Na última quarta feira (20), o deputado protagonizou mais um ataque da CDHM aos direitos legais da população homessexual. A comissão aprovou um projeto que pretende suspender a resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que autoriza o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Na mesma data, também foi proposto um plebiscito nacional para consultar a opinião da população sobre a união legal gay.

Enquete em Tempo Real
ig
Enquete em Tempo Real



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.