Evento irá reunir a partir do dia 7, cinema, teatro e música e literatura em edição paulistana com 24 mostras cinematográficas e filmes polêmicos. Rio de Janeiro recebe festival a partir do dia 14

Começa na próxima quinta-feira (07) a 21ª edição do festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade em São Paulo. Com direção de André Fischer   e João Federici   o evento se estende até dia 17. De 14 à 21 é a vez do Rio de Janeiro receber o festival.

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

Contemplando cinema, teatro e música e literatura o festival este ano conta 140 filme divididos em 24 mostras de cinema, entre elas a infantil “Crescendo Com a Diversidade”, a de debates “ Novas Famílias” e a erótica “ Tercetos e Quartetos” que acontecem espalhadas pela cidade sendo exibidas no Centro Cultural São Paulo, Espaço Itaú de Cinema, CineSesc, Galeria Olido, Cine Sabesp e uma sessão aberta no Largo do Arouche.

E para você não perder nada dessa maratona da diversidade, o iGay selecionou os 10 filmes imperdíveis da mostra:


Interior. Leather Bar

O polêmico longa estrelado pelo ator fetiche James Franco  abre o festival apenas para convidados , porém conta ainda com três exibições abertas ao público (9 e 11, em São Paulo e 20, no Rio de Janeiro). Na trama, Franco tenta recriar cenas do filme Cruising (1980) para entender o processo de produção do longa que tentou peitar a censura na época de sua filmagem.

Gerontophilia

O filme dirigido pelo aclamado Bruce LaBruce  traz a história de Lake ( Pier-Gabriel Lajoie  ), um garoto com 18 anos que descobre que gosta de homens idosos. Como sua mãe é enfermeira em uma casa de repouso ele passa frequentar o local e se relacionar com com Mr. Peabody ( Walter Borden  ). O longa causou furor ao ser exibido nos festivais de Toronto e Veneza.


São Paulo em Hi Fi

Documentário histórico que resgata a era de ouro da noite gay paulistana entre as década de 60 e 80. O diretor Lufe Steffen  por meio de depoimentos relembra as casas noturnas, estrelas, transformistas, heróis e vilões que marcaram época tocando em temas delicados como a ditadura militar e a explosão da aids.

Tatuagem

Premiado no Festival do Rio e em Gramado a estreia na ficção do pernambucano Hilton Lacerda  , acompanha o funcionamento de um cabaré em pleno regime militar. O filme mostra a relação de um jovem militar ( Jesuíta Barbosa  ) e um ator do local ( Irandhir Santos  ). Destaque para os protagonistas que já levaram diversos prêmios.

Simone

O diretor colombiano Juan Zapata   traz o questionamento sexual de uma mulher que só tinha tido relações lésbicas, com um homem. Filmado em 2011, e baseado em uma história real, o longa mostra a jornada de descoberta interior da personagem principal que dá nome ao filme.

I Am Divine

O documentário dirigido por Jeffrey Schwarz  apresenta a história da drag queen Divine  desde a infância em Baltimore, nos Estados Unidos, quando ainda era Harris Glenn Milstead, até o sucesso internacional como performer. Irreverente, ousada e escandalosa, a drag chamava atenção além, do comportamento, pelo sobrepeso e roupas coladas.

Além da Fronteira

O filme retrata o relacionamento amoroso do estudante palestino Nimer com o advogado israelense Roy. Dramatico e sensível, o filme dirigido por Michael Mayer é destaque por retratar a homossexualidade em culturas rivais e países que criminalizam relacionamentos homossexuais.

Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes

Com relatos da cantora Adriana Calcanhoto  , da escritora Maria Adelaide Amaral   e da comediante Grace Gianoukas  , entre outros, o documentário leva para a telona a vida do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu  . Sob a direção de Bruno Polidoro  e Cacá Nazario  , o filme percorre por onde o artista passou e viveu com Santiago, Amsterdã, Berlim, Colônia, Paris, Londres, Porto Alegre e São Paulo.

Freier Fall

Com o ano da Alemanha no Brasil, a programação do evento conta com filmes do pais, entre eles o longa de Stefan Lacant , que conta a história de um policial com uma carreira promissora e uma esposa grávida que se apaixona pelo colega de trabalho. Drama e tensão movem a trama. 

La Partida

O longa de Antonio Hens se passa em um universo caro aos brasileiros: o futebol. Na trama Reinier (Reiner Díaz) batalha para impressionar os olheiros espanhóis à procura de talentos cubanos. Casado e com uma filha, recorre a prostituição para sobreviver até que se apaixona pelo colega de profissão noturna Yosvani (Milton García).

O festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade conta com o apoio da Sabesp, Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Prefeituras do Rio de Janeiro e de São Paulo e Sesc-SP.

Informações: www.mixbrasil.org.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.