Para intérprete de Pilar de "Amor à Vida", a situação de seu personagem é a mesma de muitas mães da vida real

Susana Viera e Mateus Solano em
Divulgação/TV Globo
Susana Viera e Mateus Solano em "Amor à Vida"


Em "Amor à Vida" (TV Globo),  Susana Vieira interpreta Pilar, uma mãe que fez por muito tempo vista grossa para a homossexualidade do filho Félix ( Mateus Solano ), apoiando incluisive um casamento do personagem com uma mulher.

CURTA O IGAY NO FACEBOOK 

No entanto, quando a homossexualidade de Félix é revelada para toda a família, a personagem decide apoiar o filho, ao contrário do pai, César ( Antonio Fagundes ). Como mãe, Susana se identifica com o gesto de Pillar.

“Nenhuma mãe pode deixar de amar o próprio filho. Com exceção daquelas mulheres que abandonam seus filhos por necessidade. Tirando isso, acho que é um sentimento tão normal, tão natural, de uma mãe gostar de um filho, que jamais poderia pensar que uma mãe deixaria de amar um filho depois de saber que ele é gay. Já soube de casos raros em que isso aconteceu. Mas são raros, mesmo”, opina Susana, em entrevista ao site da novela.

Susana Viera se identifica com a atitude de sua personagem com o filho
Divulgação/TV Globo
Susana Viera se identifica com a atitude de sua personagem com o filho

Para a atriz, a rejeição do pai a Félix também não é algo distante da realidade. “Olha, não acho que isso seja muito diferente da vida real, principalmente em se falando sobre o preconceito de um pai em relação a um filho homossexual. Acho que, na maioria das vezes, existe uma grande rejeição, sim. Um choque por parte do pai, que, na verdade, pode não saber como lidar com isso”.

Sobre o rumo de Pilar, Susana prefere não opinar, mas declara sua confiança no trabalho do autor. “O ‘mar’ escrito pelo Walcyr Carrasco é agitadíssimo! E não me considero no direito de opinar sobre o que estaria certo ou errado dentro dessa história. Sou espectadora dos outros. Nunca dos meus personagens, pois eu poderia me trair pelos olhares que talvez tivesse sobre cada um deles. Apesar das semelhanças, isso é ficção, não é a vida real”, concluiu. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.